ARKON

at Ed. Via Brasil - Prox. Shopping Boulevard, Brasília Brazil

A Arkon é uma empresa que visa o Bem-Estar e Qualidade de Vida ! Oferece serviços de Personal & Professional Coaching


ARKON
Ed. Via Brasil - Prox. Shopping Boulevard
Brasília
Brazil
Contact Phone
P: Simone Fortuna 61 84018351
Website
http://www.simoneterapias.blogspot.com.br/

Description

Acreditamos que o pensamento pode modificar uma vida, emoções e comportamentos. As técnicas e ferramentas de coaching, Terapia Cognitiva e EMDR são amplamente eficazes para gerar bem-estar e qualidade de vida. Para entender melhor o significado de Coaching, é necessário saber que se trata de um processo com começo, meio e fim, sempre focado no futuro. O Coaching desenvolve as habilidades e percepções dos clientes, para que estes encontrem a saída de seus problemas. Entre outras coisas, um coach, seja ele pessoal ou profissional, tem a função de ser um grande incentivador. Ele é a pessoa que apoiará o cliente a atingir seus objetivos e aumentar seu desempenho, numa atuação que lembra muito a de um treinador de uma equipe esportiva. Inclusive, a própria palavra “coach”, em inglês, significa “treinador” ou “técnico”.•.

Opening time

  • Mondays: 09:00- 20:00
  • Tuesdays: 09:00- 20:00
  • Wednesdays: 09:00- 20:00
  • Thursdays: 09:00- 20:00
  • Fridays: 09:00- 20:00

Company Rating

96 FB users likes ARKON, set it to 82 position in Likes Rating for Brasília, Brazil in Professional services category

FAZENDO REPARAÇÕES Se você prejudicou outra pessoa, é importante reparar suas ações. Pedir para consertar o dano que você fez pode ser uma parte importante do restabelecimento de si mesmo e do restabelecimento da relação. Recompensar envolve reconhecer que você transgrediu ter coragem o suficiente para encarar a pessoa a quem você prejudicou, pedir perdão e determinar o que você pode fazer para reparar o dano que você causou. Dra. Simone Wanderley Silva Psicóloga Clínica, Especialista em Terapia Cognitiva. Membro da ABPC (Associação Brasileira de Psicologia Cognitiva).Terapeuta em EMDR – Certificada pelo EMDRInstitute, EMDRIA e EMDR Ibero-Americano. simoneterapias@yahoo.com.br simoneterapias.blogspot.com

Published on 2013-09-29 17:44:07 GMT

AUTOPERDÃO Ser uma boa pessoa não significa que você nunca fará coisas ruins. Faz parte do ser humano cometer erros. Se, após avaliação cuidadosa, você concluir que fez algumas coisas erradas, então o autoperdão pode ajudar a avaliar parte da sua culpa ou vergonha. Ninguém é perfeito. Todos nós, em algum momento ou outro, violamos nossos próprios princípios ou padrões. Sentimo-nos culpados ou envergonhados se acreditamos que o que fizemos significa que somos maus. Mas violações não significam necessariamente que somos pessoas más. Nossas ações podem estar relacionadas a uma situação em particular ou a uma época especifica de nossas vidas. O autoperdão resulta em uma mudança na interpretação do significado da violação ou do erro que cometemos. Nossa compreensão pode mudar de “Cometi este erro porque sou uma pessoa terrível” para “Cometi este erro durante uma época terrível da minha vida quando não me importava se me comportasse deste modo”, ou de “ Sofri abuso porque mereci”para “Sofri abuso porque meus pais eram uns alcoólatras fora de controle”. O autoperdão também envolve o reconhecimento de suas próprias imperfeições e erros e a aceitação de si mesmo, com falhas e tudo o mais, e o reconhecimento de que a vida não foi uma seqüencia de erros ou violações. O autoperdão inclui o reconhecimento de nossas qualidades boas e más, o reconhecimento tanto de nossos pontos fortes quanto de nossas fraquezas, ativos e de nossos passivos. Dra. Simone Wanderley Silva Psicóloga Clínica, Especialista em Terapia Cognitiva. Membro da ABPC (Associação Brasileira de Psicologia Cognitiva).Terapeuta em EMDR – Certificada pelo EMDRInstitute, EMDRIA e EMDR Ibero-Americano. simoneterapias@yahoo.com.br simoneterapias.blogspot.com

Published on 2013-09-29 17:43:07 GMT

"Alimentar-se bem , fazer exercícios físicos, dormir oito horas por dia, morar perto do trabalho e não precisar padecer no trânsito. Tudo isso confere qualidade de vida, é certo. Mas para muitas pessoas, medidas como essas não são suficientes para aplacar a ansiedade, reduzir stress e superar frustrações, enfrentar desafios e até injetar ânimo no dia a dia. Por essa razão, é cada vez maior a procura por experiências que possam reestabelecer o equilíbrio sem que seja preciso recorrer a terapias tradicionais ou remédios controlados, tão em voga. Nessa busca, pessoas contratam um processo de Coaching, uma espécie de treino capaz de redirecionar caminhos , pessoais e profissionais, para tirar o foco do problema e levar à solução." Matéria Correio Braziliense - 11/08/13 - Renata Rusky

Published on 2013-09-20 10:55:24 GMT

PENSE MAGRO, treinando o cérebro a pensar como uma pessoa Magra. Este Programa ajuda você a aprender a pensar de forma diferente, para que possa mudar seu comportamento alimentar não em curto prazo, mas para o resto de sua vida. Muitas pessoas atribuem suas dificuldades de emagrecer pelo fato de se acharem fracas ou sem força de vontade. Mas isso não é verdade. Essas pessoas não emagrecem ou não se conservam magras por que não sabem como. Não sabem como agir para permanecer motivadas, ou o que fazer quando se sentem inclinadas a trapacear, como olhar para seus lapsos como erros temporários e não como sinais para desistir. A maioria das pessoas que chegam ao consultório para emagrecer játiveram a experiência de iniciar dietas e desistir delas durante anos. Todas elas têm algo em comum não sabem pensar como uma pessoa magra. As pessoas que lutam para emagrecer têm uma programação mental que sabota seus esforços, tipo: • “Sei que não deveria comer isto, mas não me importo.” • “Se eu comer isto só desta vez não vai ter problema.” • “Tive um dia tão difícil. Mereço comer o que quiser.” • “Não consigo resistir a esta comida.” • “Estou chateada tenho que comer.” • “Já que comi o que não devia, vou continuar a comer até o fim do dia.” • “É muito difícil. Não quero continuar fazendo dieta.” • “Nunca vou emagrecer.” Por que o peso é importante? Se você estiver em dúvida quanto a iniciar ou não o Programa Pense Magro, considere o seguinte: muitas pessoas ganham alguns quilos, a cada ano, devido ao fato natural de o organismo ficar mais lento com o passar da idade. Somando-se a isso o fato de que são necessárias 20 poucas calorias extras por dia para engordar 900 gramas por ano, o resultado é que se você estiver hoje com 4 quilos de sobrepeso e não fizer nada, daqui a um ano, você terá 5 quilos ou 6 quilos a mais: depois de mais um ano, talvez 7 ou 8 quilos de excesso de peso, e assim por diante. No entanto, em vez de engordar, você pode emagrecer e manter o peso alcançado, praticando os princípios ensinados neste Programa Pense Magro.

Published on 2013-09-17 18:37:45 GMT

O QUE É EMDR? EMDR – Eye Movement Desensitization and Reprocessing Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares O EMDR é um método revolucionário criado pela Dra. Francine Shapiro, psicóloga americana – PhD, no final da década de 80, especialmente empregado no tratamento de transtorno de estresse traumático e pós-traumático, quadros de ansiedade, depressão, fobias, síndrome do pânico, instalação de recursos positivos e outros. Nosso cérebro possui recursos para realizar a cura de suas feridas emocionais, da mesma forma que nosso corpo cura nossas feridas físicas. O processo de EMDR direciona nosso cérebro para a cura. O processamento acelerado de informações propiciado pelo EMDR é feito de forma particular, ou seja, cada um irá processar suas associações, baseada em sua experiência pessoal e seus valores. Os estímulos bilaterais são repetidos até que a lembrança seja menos perturbadora e possa ser associada a pensamentos e crenças pessoais mais positivas. A teoria dos Movimentos Oculares Rápidos durante o sono REM é a mais relevante para explicar o êxito do EMDR. Parece que todos nós estamos processando as experiências do dia durante as etapas do sono REM. Em situações normais, parece que o cérebro "revisa" as experiências do dia, processa e arquiva as lembranças no seu enorme banco de dados cerebral. No entanto, quando temos alguma experiência traumática, parece que o cérebro não consegue processar o evento e o incidente permanece armazenado como uma espécie de "nó neurológico". É possível que os pesadelos sejam tentativas fracassadas do cérebro de processar as lembranças traumáticas. Hoje, já transformada em modelo clínico, é usada no mundo todo e muito aplicada para tratar veteranos de guerra ou refugiados em campos palestinianos, mas também para crises de ansiedade e imagens emocionais que provoquem sobressaltos inapropriados. A terapêutica é estabelecida em oito etapas bem precisas. Estudos recentes em traumatologia e estados de vitimação demonstram que esta nova abordagem de psicoterapia tem registrado grandes êxitos em nível clínico e mudanças do funcionamento cerebral, com redução de atividade neurológica do hemisfério esquerdo (principal responsável pelo registro de reações emocionais e orgânicas), bem como ativação do sistema nervoso autônomo (parassimpático), responsável por reações de relaxamento corporal e sentimentos de tranquilização. Mais importante do que as reações de dessensibilização é o reprocessamento das experiências traumáticas. O reprocessamento significa a atribuição de novos sentidos, mais positivos a experiências traumáticas. Trata-se de uma ressignificação que permite a transmutação de crenças negativas (como por exemplo: sou suja, a culpa pelo que houve foi minha) em autoavaliações positivas (fiz o melhor que pude, sou uma pessoa confiável, etc). A ASSOCIAÇÃO PSIQUIÁTRICA AMERICANA recomenda o EMDR como um dos principais métodos da atualidade para o tratamento de situações traumáticas. Novas aplicações do método têm se voltado para o tratamento de doenças psicossomáticas. Quem pode aplicar o EMDR? Psicólogos e psiquiatras devidamente capacitados pelo EMDR Institute. A formação é fundamental, pois se o EMDR for mal conduzido pode haver retraumatização. Indicações Pessoas de todas as idades podem usufruir dos benefícios do EMDR tanto para a terapêutica como para a otimização do desempenho. Indivíduos com deficiência auditiva ou visual também se beneficiam, pois a estimulação bilateral pode ser visual, auditiva ou tátil. A aplicação do EMDR é ampla, abaixo algumas possibilidades: • Baixa auto-estima; • Bullying (humilhação, exclusão, difamação e agressão na escola); • Dificuldades de aprendizagem; • Gagueira; • Pânico; • Depressão; • Fibromialgia; • Transtorno bipolar; • Fobias; • Dificuldades de relacionamento; • Timidez; • Problemas relacionados ao desempenho sexual; • Somatizações; • Excesso de ansiedade, ciúmes, culpa, tristeza, raiva, vergonha, medos; • Dor fantasma; • Stress pós-traumático; • Memórias perturbadoras; • Pesadelos recorrentes; • Perda de entes queridos; • Vítimas de catástrofes naturais, acidentes em geral e de violência verbal, corporal, sexual. Referências Bibliográficas: GRAND, D. Cura Emocional em Velocidade Máxima: o Poder do EMDR. Brasília: Nova Temática,2007. MORA, F. Continuun: Como o Cérebro Funciona? Porto Alegre: Artmed Editora S.A., 2004. SERVAN-SCHREIBER, D. Curar: O Stress, A Ansiedade e a Depressão sem Medicamento nem Psicanálise. São Paulo: Sá Editora, 2004. Dra. Simone Wanderley Silva Psicóloga Clínica, Especialista em Terapia Cognitiva. Membro da ABPC (Associação Brasileira de Psicologia Cognitiva).Terapeuta em EMDR – Certificada pelo EMDRInstitute, EMDRIA e EMDR Ibero-Americano. simoneterapias@yahoo.com.br simoneterapias.blogspot.com

Published on 2013-09-17 18:34:36 GMT

O que é Terapia Cognitiva ? (Modificando Emoções e Comportamentos através do Pensamento) A Terapia Cognitiva surgiu a partir do trabalho do psiquiatra e psicanalista Drº Aaron T. Beck, Filadélfia (EUA), na década de 60. Resumindo um dos principais conceitos de teoria de Beck é possível dizer que o individuo comete, sistematicamente, ao longo de sua vida e do seu desenvolvimento, erros de processamento da realidade à sua volta, que tende a ser levado para o lado negativo. Observou-se que a elevação do humor era conseguida ao desafiar esses erros de processamento. Por exemplo: se alguém passa pela rua e vê um amigo que não o cumprimenta, há varias interpretações possíveis. A pessoa pode pensar que o amigo não quis falar com ela, sentir-se triste e até afastar-se do outro, ou questionar: quem fulano pensa que é? Essa segunda reação é de raiva. Mas ela também pode enveredar pelo caminho da ansiedade e se perguntar: o que será que aconteceu? Será que ele está bravo comigo? Ou ainda, não ter nenhum tipo de reação muito significativa e apenas ficar na duvida sobre se o amigo a viu ou não. Essa é apenas uma situação, mas ao longo de toda a vida eles vão somando-se e até estabelecendo certo padrão, ou alguns padrões, que se sucedem e alternam-se. Essa forma de “ver” a realidade é que vai dizer o que cada um irá pensar e fazer diante de um acontecimento. Um dos objetivos básicos da TC é desenvolver a flexibilidade na forma de pensar do paciente. Flexibilidade aí entendida como a capacidade de não encalharmos na nossa primeira representação do real. O primeiro passo, então, é normalizar a emoção através de busca de interpretações cognitivas (formas de pensar mais adaptativas). O segundo pilar desse tipo de intervenção terapêutica e a resolução de problemas uma habilidade que o terapeuta preocupase em desenvolver no paciente o que o levaria atuar como terapeuta de si próprio ao final do processo. Características que a distinguem de outras formas de psicoterapia são o tempo curto e limitado e a eficácia comprovada através de estudos empíricos, em várias áreas de transtornos emocionais como depressão, transtornos de ansiedade (fobias, pânico, hipocondria, transtorno obsessivocompulsivo), dependência química, transtornos alimentares, problemas interpessoais, incluindo terapia familiar e de casal, etc., para adultos, crianças e adolescentes, nas modalidades individuais e em grupo. Sua utilização no tratamento de psicoses apresenta resultados encorajadores. TC ainda é indicada como coadjuvante no tratamento de transtornos orgânicos, e em intervenções nas áreas de educação, organizações e esportes. Várias intervenções terapêuticas (técnicas) são utilizadas no decorrer do processo, o que requer uma boa formação do Psicoterapeuta para eficácia da Terapia. Na Avaliação Inicial são aplicados alguns inventários como o Beck Depression Inventory; medida que se tornaria a escala de depressão mais amplamente utilizada em pesquisa em todo o mundo, seus resultados são compartilhados com o paciente dando-lhe um feedback de seu humor no atual momento, compartilhando o modelo de terapia Cognitiva e avaliando se este é adequado para o tipo de queixas apresentados pelo paciente. Psicóloga Clínica, Especialista em Terapia Cognitiva. Membro da ABPC (Associação Brasileira de Psicologia Cognitiva).Terapeuta em EMDR – Certificada pelo EMDR Dra. Simone Wanderley Silva Institute, EMDRIA e EMDR Ibero-Americano. simoneterapias@yahoo.com.br simoneterapias.blogspot.com

Published on 2013-09-17 18:32:24 GMT

Depoimento de Luana Medeiros sobre o processo do Coaching: "Quando colocamos Deus na frente abrindo nossos caminhos ele manda seus mensageiros para que possamos encontrar a nosso estrada novamente. Serei eternamente grata a você querida, Simone Fortuna ,pelo carinho, atenção e trabalho realizados tão lindamente. Que Deus abençoe seu caminho sempre, você foi a mão dele no momento que tanto precisei e saiba ganhou muito mais do que uma "paciente" mas uma pessoa que tem um enorme carinho por você. Obrigada eternamente!!!"