O bosque

at Bosque, Goiânia Brazil

O projeto busca levar arte e cultura para as pessoas com menor acesso a este tipo de entretenimento, o intuito é viabilizar o intercâmbio cultural social


O bosque
Bosque
Goiânia , GO
Brazil
Contact Phone
P: 81180882
Website
http://brasiltabu.blogspot.com

Company Rating

419 FB users likes O bosque, set it to 71 position in Likes Rating for Goiânia in Education category

O Bosque É lá, onde tudo é muito verde Onde tudo é muito paz Onde a má fé não faz morada Onde a gente é capaz. Onde a gente se encontra E também encontra Quando chega em casa a gente conta De cada coisa que encontrou. Tem muita história lá guardada Em cada banco uma lembrança Em cada árvore uma esperança Histórias de quem ama De quem realmente ama aquele lugar.

Published on 2015-06-24 13:41:07 GMT

Se foi Amo tudo que se foi Tudo o que já não é A dor que já não dói A antiga fé O ontem que a dor deixou, O que deixou alegria Só porque foi, e voou hoje já é um outro dia. L.A

Published on 2015-06-23 01:43:03 GMT

Vejo o sol se pôr aproveito e observo uma flor que se mostra num todo: Amor. - J.F.

Published on 2015-04-13 22:23:58 GMT

Até você chegar, eu só pensava em te encontrar. Depois que chegou, por aqui tudo mudou. Parece que tudo melhorou, se superou, se irradou, isso tudo quando você chegou. Quando você chegou, me trouxe o que faltava. Me trouxe paz, me trouxe amor, em cada uma das tuas palavras. O tempo passou, e o que eu sinto por você só aumentou. Quando você chegou eu prometi te amar, e sabia que algum dia iria dizer " Valeu a pena esperar" A.S (Cartas para o Meu Bem)

Published on 2015-08-05 15:51:59 GMT

Foi como borboleta Começou errado, era como uma lagarta, no começo nem tudo é tão bonito. Com o tempo virou casulo, bem protegido, ninguém mexia. Passou-se mais algum tempo, e ele desenvolveu, virou amor, ou melhor, borboleta. Com lindas asas, e uma beleza indescritível, levando harmonia por onde passava. Mas acabou esquecendo que asas, são o que as locomove, levando o amor, com o tempo, pra longe. E como toda borboleta, infelismemte não dura muito tempo, apenas o suficiente, para marcar as nossas vidas, e deixarem belas lembranças. Ela morreu, e assim foi o nosso amor, foi belo, indescritível e marcou, mas foi como borboleta, uma borboleta que não durou. A.S

Published on 2015-06-29 02:35:45 GMT

A tua voz Me desperta do sono mais profundo a sua chamada, seja em voz presente, ou até mesmo distante A voz que me chama, me acalma, me instiga, me serena. A voz que é doce, que é firme, a voz da razão, da conformação, da instantânea vontade do coração... Coração que é agitado, ciumento e arredio. Coração que já sofreu, mas que também já foi sadio Coração que te chama, te deseja o tempo todo, coração que te espera, como sempre ancioso. A.S.

Published on 2015-06-26 01:28:45 GMT

"Dona Maria. O nome dela era Maria da Conceição, tinha em torno de uns setenta e cinco a oitenta anos de idade, cabelos grisalhos, cacheados e uma aparência de mal amada, vivia reclusa em uma casa grande e sozinha já que seu marido havia morrido a alguns anos. Frequentemente sua família a visitava, embora o filho mais velho e também o preferido morava em Brasília. Era uma senhora sem muitas qualidades culinárias, muito menos com um perfil que geralmente as pessoas veem em senhoras da sua idade, era uma velha tão mesquinha que reutilizava a borra de café que teria sido usada inicialmente pela manhã, era uma velha que ao receber a família mal se movimentava e só sabia reclamar da vida, como se viver fosse um fardo. Não gostava de visitas pra falar a verdade, nem sequer dava ao trabalho de comprar algo para oferecer no lanche da tarde. Gostava no final da tarde de ir para fora de sua casa e se sentar em sua cadeira de balanço para ver o movimento quase que nulo. Geralmente as cinco da tarde sua vizinha que ao ver dela era uma vadia qualquer que transava em troca de algum tipo de droga, chegava. Na cabeça da velha ninguém prestava, todos iam queimar no fogo do inferno e ela fazia questão de deixar isso bem claro. Diariamente ela ao ver a vizinha já arrumava algo para falar de sua aparência e então começavam a brigar por vários instantes até uma das duas cessarem a briga. Essa era a comum vida de dona Maria, uma mulher ingrata a vida e seca pelos anos sozinha." -C.A.

Published on 2015-03-29 11:33:48 GMT

Tão inconstante esse amor lancinante, que me toma por um instante, e acaba sendo uma constante amante, me tomando por inteiro, sem o mínimo de receio. - J.F.

Published on 2015-03-08 15:08:50 GMT

É tanta coisa que pretendo escrever que já não sei se devo obedecer as ordens de uma mente que ás vezes pretende o que a maioria não entende. - J.F.

Published on 2015-02-22 22:53:54 GMT

"A música começou a tocar lentamente, ela aumentava a sua intensificação e com ela eu movia-me na cama ao seu lado. Abri os olhos, e lá estava você me observando com os seus olhos bem despertos. No ritmo da música eu me movia, Era uma dança esquisita, Uma dança a dois, Na horizontal da minha cama desajeitada. A música era leve, suave e dançante. Nunca mais parei de dançar, Desse dia em diante. Logo agora onde parecia o fim do poema, Ela recomeça e me faz dançar, E para quê continuar? Eu vou dança-la." - C.A.

Published on 2015-02-16 01:31:55 GMT

Ao dar o ultimo trago Jogo o cigarro, Olho para os lados, pensativo. Refazendo o meu poema intragável mais uma vez Beijo o copo de café, Acendo mais um, mais outro, Beberico mais um pouco. O que era um beijo se tornou trago O que era um trago se tornou poesia E a fumaça envolvendo a caneta E a caneta se envolvendo ao cigarro. As cinzas no papel, no papel de cinzas O cigarro apagado E a poesia a mais um trago. - C.A.

Published on 2015-02-16 01:17:07 GMT

Há quem por ti de longe vela, Deseja te ver sempre brilhar, Oferece-te carinho e zela Por tua felicidade e bem-estar. Alguém com palavras pincela O quanto encanta o teu olhar, Compõe versificada aquarela, Almeja admiração demonstrar. Tanta dedicação assim revela Ser pouco importante o lugar, Se uma paixão existe e é bela Até a distância poderá superar. - L.A

Published on 2015-02-14 20:51:33 GMT

A angustia toma forma em meu peito, se eu penso que logo te perco. - J.F.

Published on 2015-02-12 20:34:08 GMT

Você chega de fininho me fazendo carinho, com esse seu jeitinho. Seus pensamentos, são como os Ventos do Norte que trazem um passaporte para outros mundos não tão imundos quanto este em que vivemos. - J.F.

Published on 2015-01-31 23:01:22 GMT

Viemos a este mundo, sem nem sequer saber o motivo. Pode ser que eu esteja vivendo apenas, para arrancar-lhe um singelo sorriso. - J.F.

Published on 2015-01-16 22:51:30 GMT

Eis que temos aqui a Poesia, a grande Poesia. Que não oferece signos nem linguagem específica, não respeita sequer os limites do idioma. Ela flui, como um rio. como o sangue nas artérias, tão espontânea que nem se sabe como foi escrita. E ao mesmo tempo tão elaborada - feito uma flor na sua perfeição minuciosa, um cristal que se arranca da terra já dentro da geometria impecável da sua lapidação. Onde se conta uma história, onde se vive um delírio; onde a condição humana exacerba, até à fronteira da loucura, junto com stella a beira mar, , envolta no mistério ao mesmo tempo fácil e insolúvel da sua face ao ar Sim, é o encontro com a Poesia. -L..A.

Published on 2015-01-15 02:18:00 GMT

Não se interne nas formas que a sociedade tenta lhe colocar Tire o soro desse preconceito inútil de suas veias Viva uma vida sem se preocupar com as vidas alheias Não se interne em nesses padrões sociais Levante dessa maca olhe para frente e escolha um um caminho Siga na direção que lhe faz bem siga para onde não estará sozinho não se interne não se interne . abra os braços , respire e sinta o ar esqueça o mundo , faça teu próprio lugar não fique internado nessa omissa vida , vá alem para você ser feliz , não precisa ter tudo de melhor só precisa tornar melhor o que você tem L.A.

Published on 2015-01-12 22:19:49 GMT

Dê vão aos meios [Devaneios, Yasmim Stella]

Published on 2015-01-11 22:13:38 GMT

Pensamentos valem e vivem pela observação exata anterior ou nova , pela reflexão aguda ou profunda ; não menos querem a originalidade ,a simplicidade e a graça do dizer que sua paz só depende de você ! -L.A.

Published on 2015-01-10 22:04:10 GMT

" A maré lhe traz como um lobo voraz, mas vem o tempo e cuida de lhe mandar de volta para o mar. Esse ciclo continua, até que o Sol vire Lua; um ciclo contínuo que ao badalar do sino acaba e devasta toda e qualquer raça. " - J.F.

Published on 2015-01-09 14:17:57 GMT

Viva, assim aprendendo a cada passo Procurando por teu espaço Sem desistir siga em frente Correndo e lutando por uma história diferente . Cresça olhe , sinta , experimente ... Mude e veja que o impossível não esta presente Aprenda que a vida ensina e nunca mente Faça teu caminho não siga trilhas seja diferente Aqui e só uma fase, então viva intensamente. -L.A.