Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica

at Rua João Gonçalves nº338, Sala 2., Guarulhos, 07010-010 Brazil

Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica é atuante no âmbito Cível, Criminal, Trabalhista, Empresarial, Tributário, Imobiliário e outros.


Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica
Rua João Gonçalves nº338, Sala 2.
Guarulhos , SP 07010-010
Brazil
Contact Phone
P: (11)4574-0585
Website
http://www.trcgadv.wix.com/trcgadv

Opening time

  • Mondays: 09:00- 18:00
  • Tuesdays: 09:00- 18:00
  • Wednesdays: 09:00- 18:00
  • Thursdays: 09:00- 18:00
  • Fridays: 09:00- 18:00

Company Rating

94 Facebook users were in Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica. It's a 265 position in Popularity Rating for companies in Local business category in Guarulhos

308 FB users likes Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica, set it to 166 position in Likes Rating for Guarulhos in Local business category

#NotíciasTST A Sexta Turma rejeitou recurso da Souza Cruz contra condenação à reintegração e ao pagamento de indenização por danos morais pela dispensa de um auxiliar administrativo com neoplasia maligna nos rins, considerada discriminatória. Leia mais: http://bit.ly/24GaxnX Descrição da imagem #PraCegoVer: imagem da fita símbolo do câncer de rim e o texto: Dispensa discriminatória. Empregado com câncer deverá ser integrado e indenizado por danos morais.

Published Queila Farah on 2016-05-10 20:29:27 GMT

Se é verdade ou não, saberemos em breve!!! DILMA vai soltar mais de 35 mil PRESAS no domingo, dia das Mães! Será que é verdade? O site garante!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-05-03 22:50:34 GMT

As vezes fazer uma perguntinha pode socorrer em muito!!! Consulte!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2015-12-03 20:37:37 GMT

NOTÍCIA URGENTE!!! Nova decisão de magistrado do Sergipe determina o bloqueio do aplicativo WhatsApp a partir das 14 horas do dia de hoje (02/05/2016) sob pena de multa diária de R$ 500.000,00 por dia. As operadoras VIVO, Oi, TIM, Claro e Nextel já foram notificadas da decisão. Existe recurso, contudo ainda não foi decidido, portanto está valendo a ordem judicial de bloqueio por 72 horas!!! http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2016/05/02/interna_brasil,642184/justica-bloqueia-whatsapp-no-brasil-por-72-horas.shtml

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-05-02 15:33:35 GMT

Olá, conquiste mais clientes. A MR comunicação cria sua fachada , Envelopamos veiculos, cartões, banners e Toldos. Faça seu orçamento, agende uma visita, fone 4965-4526 / 94264-2333 zap

Published MR Comunicação Visual on 2016-04-08 19:27:35 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-29 20:38:11 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-29 20:37:04 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-29 20:35:16 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-29 20:34:56 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-08 13:12:50 GMT

Super indico! Excelentes profissionais.

Published Thiago Vieira on 2016-03-08 13:12:07 GMT

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-08 13:10:54 GMT

Os direitos civis asseguram igualmente ao homem em decorrência da isonomia constitucional entre os consortes, têm por fundamento colocar a mulher nem acima, nem abaixo do sexo masculino, mas no mesmo nível, isto é, na mesma esfera ideal de direitos e deveres. Fazendo da norma que os preceitua uma norma viva, propiciando a evolução da sociedade brasileira, cuja cultura sempre esteve assaz arraigada à legislação, extinguindo antigos mitos inibidores do sexo feminino, desvencilhando-se de arcaicas concepções teológicas, conformando-se com a atual Constituição Federal e, assim, atualizando no “ser” o seu “dever ser”, mais digno, livre, e igualitário entre os cônjuges, mormente, no local em que, como foi aludido, buscam seu próprio engrandecimento, sua segurança, sua paz interior, sua felicidade pessoal, ou seja, na família. Seria censurável findar este estudo sem antes aclamar a contribuição equânime, humana, e social de nossos magistrados no amparo aos direitos civis da mulher na sociedade conjugal, notadamente comprovada na seara jurisprudencial aqui exposta. Pois que, objetivaram e objetivam majoritariamente minorar os infortúnios sofridos pelo sexo feminino que ainda derivam e continuarão a derivar do texto de nosso ordenamento civil, fatos muito comuns quando se trata de legislação codificada numa sociedade inconstante como a que vivemos. Portanto, cabe aos mesmos continuar seguindo, com a proficiência de sempre, o enunciado pelo Ministro, e Vice-Presidente do Superior Tribunal de Justiça, Sálvio de Figueiredo Teixeira: “O magistrado não é amanuense da lei, com mera função de conferir fatos com dispositivos legais, aplicando textos com a insensibilidade das máquinas. A própria lei confere função singular ao magistrado, quando estabelece que, na sua aplicação, o juiz atenderá aos fins sociais e às exigências do bem comum.” [46] Para que continuemos progredindo no respeito ao próximo independente de sua condição social, física, espiritual, política, filosófica e etc. não se prendendo as argolas da lei. Outrossim, não se deve olvidar, em momento algum, que para quem já foi considerada, na história da humanidade, por similitude, escrava, utensílio, ama de leite, objeto sexual, bruxa, feiticeira e, no Brasil até o dia 11 de outubro de 1.962 quando entrou em vigência a Lei n. 4.121, relativamente incapaz, dentre outros motes que carregou, ter reconhecido e protegido seus direitos civis na sociedade conjugal, em perfeita igualdade de condições com o homem, sob o âmbito constitucional e infraconstitucional, tendo este último sido parcialmente objeto de análise deste trabalho, não apenas formalmente, mas na prática cotidiana da mulher casada, sem qualquer espécie de discriminação é uma grande vitória e que, portanto, merece ser sempre lembrada e exaltada por todos, sejam mulheres ou homens, como um dos maiores avanços no respeito à dignidade da pessoa humana. fonte: http://ambito-juridico.com.br/site/index.php?artigo_id=1053&n_link=revista_artigos_leitura.

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-08 13:05:14 GMT

hoje é um dia especial, gostaria que não houvesse a necessidade de serem lembradas por apenas um dia, pois são merecedoras de agradecimentos todos os dias!! Feliz Dia Internacional da Mulher!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-03-08 00:56:44 GMT

A eficacia não é tão presente, mas é bom saber!!!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-02-10 18:16:55 GMT

vejam alguns parâmetros que a justiça tem utilizado para calcular seu direito a danos morais! Entendemos que alguns são absurdos, desvalorização da vida, e por outro lado demonstra de forma velada um apoio aos que praticam atos contrários a lei.

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:59:48 GMT

Você sabia que atitudes racistas geram a obrigação de indenizar, consulte um escritório de advocacia e saiba como buscar seu direito! (11) 4574-0585

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:54:08 GMT

Você sabia que o empregado que cumpre aviso prévio está sujeito a ser dispensado por justa causa? Sim! Se ele cometer alguma irregularidade durante o período, o empregador pode converter a dispensa simples em dispensa por justa causa. Mas nem tudo é simples assim, portanto, consulte sempre um escritório de advocacia, ele poderá lhe auxiliar e muito!!! (11) 4574-0585

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:46:30 GMT

O Brasil é o país que mais contrata trabalhadores temporários no mundo e há quem aproveite essa oportunidade para finalmente ser efetivado. Você sabia que trabalhadores temporários têm quase todos os direitos dos trabalhadores efetivos? Saiba mais: http://bit.ly/1SuxSPa ou entre em contato conosco, (11) 4574-0585

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:43:33 GMT

Você sabe realmente se o valor recebido na sua rescisão trabalhista está correto ? Tire sua dúvida gratuitamente conosco, exija seus direitos. TEL: (11) 4574-0585 Venha tomar um café e tirar todas suas dúvidas!!!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:38:42 GMT

Qual é o prazo para pagamento das verbas oriundas da rescisão do contrato de trabalho? De acordo com o parágrafo 6º do art. 477 da Consolidação das Leis do Trabalho, o pagamento das parcelas constantes do instrumento da rescisão ou recibo de quitação deverá ser efetuado nos seguintes prazos: • até o primeiro dia útil imediato ao término do contrato; • ou até o décimo dia, contado do dia da notificação referente à demissão, quando da ausência do aviso prévio, indenização do mesmo ou dispensa de seu cumprimento.

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:36:24 GMT

Você sabia que está duro e pode ter um bom direito a receber? Se você trabalhou apenas 1 ano, 8 horas por dia, sem registro na Carteira de trabalho, com um salário de apenas R$ 1.000,00 por mês, você tem direito a receber pelo menos R$ 6.142,00* mais seguro desemprego (dependendo do caso) É meu amigo, esse valor é o mínimo que você tem direito, pois as leis trabalhistas lhe assegura o recebimento das verbas trabalhistas e saque do depósito do FGTS do período trabalhado, portanto venha fazer uma visita, venha tomar um café e recalcular sua conta, muitas empresas erram e acabam prejudicando o empregado!!! Consulte-nos. Email trcg.adv@gmail.com Tel: (11) 4574-0585 * cálculos meramente ilustrativos, venha fazer o seu cálculo real.

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-13 11:30:49 GMT

Olá Clientes e Amigos, é com imenso prazer que informamos que estamos em novo endereço a partir do dia 04/01/2016. Estamos sediados na Rua João Gonçalves nº 338, Sala 2, em frente ao Postinho de Vacinação. É óbvio que sabemos da importância de mantermos o endereço, a segurança do seu escritório estar sempre no mesmo endereço, contudo, nos vimos obrigado a mudar, pois nosso espaço se tornou pequeno, e neste novo endereço estamos em mais de 150 m² de conforto para lhe atender. Venham nos visitar, será motivo de alegria receber os amigos e clientes, pois o nosso sucesso só existe graças a confiança de cada um de vocês em nosso trabalho. Toda a Equipe agradece o carinho, e estaremos todos de braços abertos para lhes acompanhar num café em nosso novo endereço! Lembramos que o nosso telefone continua o mesmo (11) 4574-0585, bem como nosso email também não mudou, permanecendo o trcg.adv@gmail.com Aproveitamos para reiterar os Votos de um 2016 repleto de saúde, porque sabemos que nosso amigos tendo saúde, o resto eles sempre conquistam, pois são guerreiros e nunca fogem a luta!

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2016-01-03 13:08:05 GMT

CONSULTA AO CPF GRÁTIS!!! Como que é? Nós te respondemos!!! Uma consulta de CPF grátis e online para verificar se há pendências em seu nome. Caso haja alguma dívida, ela poderá ser renegociada pelo próprio site da Boa Vista. Você preenche um cadastro simples no site, para garantir a segurança de acesso aos seus dados. Após esse cadastro, você recebe uma senha por e-mail e pode consultar se há pendências em seu nome no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O sistema informa os dados do credor, o valor da dívida e permite uma renegociação online. Qual a vantagem? A consulta frequente ao CPF aumenta a sua segurança e reduz o risco de golpes e fraudes em seu nome. Além disso, se você recebeu uma carta de aviso de débito do SCPC poderá renegociar o débito pela internet com total segurança. Simples, seguro e eficiente, mais uma dica aos amigos e clientes! Se houverem apontamentos que desconhecem, estamos a disposição para auxiliar com esclarecimentos jurídicos quanto ao caminho a ser tomado doravante!! segue o link para o site de consulta, totalmente gratuito!!! http://www.boavistaservicos.com.br/consumidor-positivo/consulta-cpf-gratis/

Published Rodrigues & Cunha Consultoria Jurídica on 2015-11-04 14:56:54 GMT

Tem coisas que o tempo muda e tem tempo que não são de graça. Veja essa matéria e comece a fazer valer seu direito em face de tanto abuso. http://josianeclemente.jusbrasil.com.br/artigos/236658003/indenizacao-pela-perda-do-tempo-livre?utm_campaign=newsletter-daily_20150929_2032&utm_medium=email&utm_source=newsletter